Google-prepares-free-tool-to-fight-online-terrorism-768x432

Google prepara ferramenta gratuita para combater terrorismo online

Google prepara ferramenta gratuita de moderação de conteúdo para combater o terrorismo online. Atendendo às determinações da União Européia, a empresa agora colabora com a construção de mecanismos para minimizar a circulação de conteúdo ilegal na web.

  • Google Pixel Fold pode não estrear até o final de 2023
  • Google pode expandir Fuchsia OS para telefones e computadores em 2023

A ferramenta é construída em parceria com a Jigsaw e a Tech Against Terrorism, unidade de uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) focada no combate ao terrorismo digital. A iniciativa faz parte da solução do Google para atender às recentes determinações da União Europeia, que responsabiliza as grandes corporações pelo combate à circulação de conteúdo extremista.

Na ferramenta que está sendo elaborada, o foco é atender administradores de sites menores. “Existem muitos sites que simplesmente não têm pessoas para fazer a fiscalização”, disse o diretor executivo da Jigsaw, Yasmin Green. “É muito trabalhoso construir os algoritmos, então você precisa de todos os revisores humanos”, acrescentou ela.

Com falta de recursos e pessoal, sites menores não conseguem lidar com conteúdo extremista de forma eficiente, criando uma saída para criminosos. “Percebi uma grande mudança nas plataformas convencionais, pois elas se tornaram mais eficazes na moderação. [de conteúdo], e isso empurra material terrorista e falsas alegações de Covid-19 para outros sites”, disse Green. Com a ferramenta, os administradores dessas plataformas podem conter a circulação de material ilícito.

Sem data de lançamento

Não se sabe exatamente quando a ferramenta de moderação de conteúdo será disponibilizada aos desenvolvedores, nem como ela funcionará. No entanto, o recurso ainda precisará de supervisão humana para a tomada de decisões sobre a legalidade das publicações.

Os testes com a ferramenta digital antiterrorismo começarão agora, em 2023, com dois sites não divulgados. Não se sabe se a funcionalidade será expandida para outras regiões além da Europa.

https://animamundi2019.com.br