5 dicas de como gerenciar receitas e despesas de seu negócio
Mapa-mundi: continentes, países, mares, oceanos

5 dicas de como gerenciar receitas e despesas de seu negócio

gerenciar dinheiro receitas e despesas
gerenciar dinheiro receitas e despesas

Ter uma planilha de orçamento empresarial é uma das melhores formas de gerenciar as receitas e despesas do seu negócio.

Nem todo mundo sabe, mas é possível fazer uma gestão financeira eficiente sem tanta dificuldade. E utilizar uma planilha é uma das formas mais simples de começar esse acompanhamento financeiro.

Com o passar do tempo assistimos muitas empresas nascerem e acabarem por diversos motivos. Mas, se tem uma forma de garantir parte do sucesso do seu novo negócio é ter uma boa organização financeira.

Ou seja, acompanhando de perto as finanças e conhecendo muito bem o orçamento empresarial. Para entender mais sobre essa ferramenta tão importante, continue lendo.

O que é orçamento empresarial?

Como dissemos, para saber os rumos da vida financeira de um negócio é preciso ter alguns controles e definições.

O orçamento empresarial deve ser um guia de como executar o que foi definido no planejamento financeiro. Essa planilha deve reunir todas as informações financeiras da empresa, bem como as metas de receitas e despesas para chegar nos resultados.

Porque fazer um controle do orçamento empresarial

Você deve estar se perguntando se é mesmo tão importante ter uma planilha de orçamento empresarial. E nós podemos garantir que sim.

Isso porque esse documento poderá indicar se a empresa está no caminho certo, e dar uma diagnóstico da saúde financeira do negócio. Ou seja, se você está alcançando os objetivos que definiu no planejamento e se tem novas oportunidades.

Essa é uma ferramenta que facilita a identificação dos problemas financeiros da companhia também. Isso porque, acompanhando o resultado mensal de forma detalhada é possível encontrar onde estão as despesas desnecessárias e em quais áreas é preciso mais investimento para crescer

Dicas para fazer a planilha de orçamento da empresa

Agora que você já entendeu o porque ter uma planilha de orçamento empresarial é tão importante, veja o que não pode faltar nesse documento.

1.       Análise das finanças da empresa até o momento

Olhar para trás e analisar os resultados financeiros do negócio é o primeiro passo para montar um modelo de orçamento empresarial eficiente. Para isso, insira algumas informações separadas por mês.

  • Faturamento mensal dos últimos anos
  • Despesas fixas e variáveis
  • Receitas mensais
  • Investimentos da empresa
  • Dívidas em aberto
  • Lucro mensal

Com esses dados você será capaz de descobrir a média mensal de todos os gastos e receitas da empresa. Só assim será possível entender quanto dinheiro é necessário ganhar por mês para cobrir todos os custos e fazer os investimentos.

2. Defina as metas

Com essa análise também é possível pensar no futuro da empresa e nos objetivos para os próximos meses.

Essa é a hora de definir metas de faturamento e qual é o máximo de investimento que deverá ser feito para alcançar esses objetivos. Por isso, leve em consideração:

  • Demanda do mercado e a concorrência: pense no potencial do seu produto ou serviço e se já existem outras empresas oferecendo as mesmas opções
  • Capacidade produtiva da empresa: análise quanto é produzido com a equipe atual e quanto é preciso contratar para aumentar a produção
  • Quantidade de matéria-prima necessária: com aumento de produção será preciso mais matéria-prima. Avalie o custo desse crescimento.

3. Classifique todas as entradas e saídas

Para conhecer mais de perto as finanças da sua empresa é essencial entender de onde vem as receitas e quais são os gastos. Por isso, é necessário classificar todas essas informações.

Adicione no seu orçamento e categorize:

  • Todas as fontes de receita com valores e prazos de recebimentos: adicione todos os clientes e contratos vigentes.
  • Custos fixos e variáveis: liste os valores e os prazos de pagamentos de todas as despesas. Classifique aquelas que forem fixas (aluguel, conta de luz e internet, salários) e variáveis (comissões por venda, custos de manutenção e gastos imprevistos)

Saber essas informações vai facilitar as tomadas de decisão na hora de reduzir gastos ou procurar novas fontes de receita.

Além disso, entendendo os valores e prazos de pagamentos  e recebimento, será possível organizar o fluxo de caixa.

4. Faça uma projeção para o período

Agora que você já conhece bem as despesas e receitas da sua companhia e definiu os objetivos para o próximo ano, está na hora de construir uma projeção de crescimento para sua empresa.

A projeção deve ser feita de acordo com as ações que serão realizadas para atingir os objetivos da empresa. Ao pensar nessas ações é importante levantar os investimentos que serão feitos para realizá-las.

Por exemplo, um aumento de produção pode requerer contratações extra ou a compra de mais matéria-prima. Isso deve ser levado em consideração ao fazer a projeção de gastos dos próximos meses.

Em relação a receita, pense no quanto a mais será possível vender com o aumento dos investimentos. Então, considere a quantidade de produtos ou serviços a mais que deverá ser vendida e o preço por produto.

5. Mantenha o orçamento em dia

Ainda que a planilha de orçamento empresarial seja um guia para a organização financeira da empresa, é importante pensar no orçamento de forma flexível. Afinal, mudanças podem acontecer com o passar do tempo.

Por isso, é preciso acompanhar de perto para entender se os resultados estão alinhados com a expectativa e ajustar a rota caso necessário.

Um exemplo claro é quando as vendas são muito superiores à meta ou a empresa vende tanto que fica sem estoque. Esse é um sinal que a demanda é ainda maior que o projetado.

Nesse caso, pode haver uma oportunidade de crescer ainda mais, aumentando a produção. Mas, será preciso ajustar o orçamento para atender esse aumento de demanda do mercado.

No caso de problemas financeiros, que podem estar ligados ao mercado ou questões de produção, também pode ser preciso mudar a estratégia. No entanto, nessa hora é preciso olhar para os gastos extras e fazer os cortes necessários.

O lado bom é que com uma planilha de orçamento empresarial bem feita será muito mais fácil tomar essa decisão.

Seguindo os passos acima é possível fazer o orçamento da empresa de forma descomplicada. E o melhor, é possível baixar a planilha de orçamento empresarial na internet e adaptar para o seu negócio.

https://animamundi2019.com.br

animamundi2019
Somos apaixonados por conteúdos